top of page

Post

  • Foto do escritorCláudia Zorat C. Faria

Quando o Espírito enche a casa! parte 1


Robert Heidler - professor sênior do ministério GZI
Robert Heidler - professor sênior do ministério GZI

1ª PARTE da ministração:


CELEBRANDO PENTECOSTES NO ANO DA CASA
No calendário hebraico estamos no ano 5782 e, na celebração da Cabeça deste Ano vimos que 5782 está associado com a letra hebraica Bet, que é a 2ª letra do alfabeto hebraico e que tem as palavras-chave: Casa, Aliança e Primícias. E a letra Bet foi originalmente representada no formato de uma casa. Sendo assim, o ano de Bet é o ano da casa; e Deus quer estabelecer a sua casa de uma nova maneira neste ano!

Letra hebraia BET - representada por uma casa
Letra hebraia BET - representada por uma casa

E Deus também quer estabelecer a casa dEle de uma nova maneira neste ano!

Bethel é uma palavra Bet e que significa "Casa de Deus".

Conforme celebramos o Pentecostes neste ano, Deus quer dar a você uma nova visão da sua casa! E neste ano no Pentecostes Ele quer encher a sua casa com o Espírito Santo. Para entender o que isto significa vamos dar uma olhada no livro de Atos 2.1-3:

E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar; e de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.

Nos últimos anos temos visto mudanças inacreditáveis na igreja por todo o mundo. A pandemia produziu uma das maiores mudanças na igreja desde a Reforma Protestante. O resultado foi um dos maiores movimentos na Casa de Deus na história moderna. Porque pela primeira vez, desde o século IV, que a maioria dos cristãos não foi á igreja (ao prédio) para "ter" igreja. Os cristãos tiveram igreja em suas salas e, algumas vezes, online. E outras vezes eles simplesmente se encontraram com alguns amigos e membros da família para adorar e louvar Deus em suas casas.

Satanás destinou a pandemia para o mal, porém Deus tem sempre um plano para o bem!

Por vários anos Deus vinha dizendo que a igreja precisava aprender a encontrá-lO de novo em casas (lares). Muitos cristãos têm sido solicitados a hospedar em seus próprios lares uma synaxis (do grego σύναξις que significa: assembleia, celebração, reunião). O movimento da igreja em casa explodiu. Alguns estimam que, se o movimento da igreja nas casas fosse uma denominação, seria maior do que os Batistas do Sul. Muitos nas denominações tradicionais sentiram-se ameaçados, mas então Deus surpreendeu a todos nós. De repente os acontecimentos mudaram de tal forma que a CASA era o único lugar onde havia igreja. Deus quis tirar a Sua igreja da caixa! Ele quis que as pessoas aprendessem a receber a Sua presença em seus próprios lares. E isto nos leva ao capítulo 2 de Atos que começa com a história do Pentecostes dizendo;

Eles estavam todos juntos em um único lugar.

E quando eu li isto, Deus me disse: "Você precisa ver onde era aquele lugar."

Eu sabia que Deus estava me dizendo que havia algo importante sobre o lugar que o Espírito Santo escolheu para descer.

Portanto, eu pergunto a você: Onde o Espírito Santo desceu no Pentecostes?

Atos 2 diz:

E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados.

Este versículo nos diz que, quando o sol nasceu na manhã de Pentecostes, os discípulos estavam todos sentados juntos em uma casa quando veio do céu um som como de um vento.

Este som foi uma manifestação externa da Presença do Espírito Santo.

Aquela manifestação do Espírito encheu toda a casa onde eles estavam sentados.


A pergunta é: Que casa era aquela?

Templo em Jerusalém - Israel
Templo em Jerusalém - Israel

Alguns supõem que era o Templo em Jerusalém, porque o Templo era chamado de a casa de Deus, porém o templo era um lugar santo, onde se falava com muito respeito. Se fosse o templo o apóstolo Lucas não teria escrito: "a casa onde eles estavam sentados", mas teria escrito: "o Templo", ou "A Casa do Senhor".


Alguns dizem que era o Cenáculo. Porém, a estrutura (construção) original de um cenáculo era uma sinagoga.

Os arqueólogos explicam que no 1º século essas construções eram sinagogas dos judeus messiânicos. O cenáculo era um lugar importante. Jesus e seus discípulos tiveram a última ceia em um cenáculo!

No capítulo 1 de Atos 120 discípulos se encontraram em um cenáculo para escolherem o substituto de Judas Iscariotes.

E eu sempre presumi que este cenáculo era onde o Espírito Santo tinha descido! E Deus me disse: "Olhe de novo!"
Em Atos 2 não encontramos nada que nos diga que no dia de Pentecostes eles estavam em um cenáculo! Porém nos diz que eles estavam em uma CASA! E o Cenáculo já sabemos que não era uma casa, ele era uma sinagoga. Atos 2 nos fala de CASA! Provavelmente era a Casa de um dos discípulos de Jesus!

Mas algumas pessoas podem perguntar: "No século I, uma casa em Jerusalém poderia comportar 120 pessoas?

- Sim. A maioria das casas do século I eram construídas em torno de um quintal e servia como uma sala a céu aberto. No mundo antigo a maioria das atividades diárias eram feita a céu aberto.

Ilustração de Quintal comunitário
Ilustração de Quintal comunitário

Porém eu creio que o local onde o Espírito Santo desceu era um lugar muito significante.

O Templo era como um centro apostólico. Era um lugar muito importante. Um centro de recurso para os judeus de todo o mundo. Um lugar de encontro para festas e celebrações. Um lugar de ensino e treinamento. O Templo hospedava a Presença de Deus na Terra. A igreja primitiva se reuniu nos tribunais do Templo e aconteceram milagres.

Mas o Espírito Santo não escolheu descer no Templo!

o cenáculo era como o prédio da igreja, e também era um lugar muito importante pois era uma sinagoga messiânica do século I. Era um lugar para encontros regulares de ensino e fortalecimento.

Mas também não foi no cenáculo que o Espírito Santo escolheu descer!
O ESPÍRITO SANTO ESCOLHEU DESCER EM UMA CASA! E ELE ENCEHU A CASA ONDE ELES ESTAVAM SENTADOS!

Para entendermos o porquê dos discípulos estarem sentados juntos em uma casa na manhã de Pentecostes precisamos entender algumas coisas sobre o Pentecostes e como os judeus celebravam esta data.


Pentecostes é uma das 3 (três) festas do ciclo anual da vida de Deus. A Bíblia chama estas festas de Tempo Determinado de Deus, porque são literalmente reuniões com Deus! São tempos quando o Espírito de Deus quer encontrar conosco para cumprir/realizar coisas muito específicas em nossas vidas.

O Pentecostes é o segundo dos três tempos designados anualmente.

O Calendário de Deus tem três tempos designados.

Páscoa que é o 1º tempo e que marca o primeiro mês do calendário judaico.

Pentecostes que é o segundo tempo e que acontece no terceiro mês.

Tabernáculos que é o terceiro tempo e que acontece no sétimo mês.

Cada tempo determinado tem o seu propósito específico.

Páscoa é o tempo determinado por Deus para REDIMIR Seu povo. Jesus foi crucificado na Páscoa para nos redimir e nos tirar das mãos do inimigo.

Pentecostes está entre a Redenção & a Glória. Este é o tempo determinado para celebrar a provisão de Deus. É o tempo para se agradecer a Deus pela Sua provisão da última estação (Páscoa/redenção). E também é o tempo para garantir a provisão de Deus para a nova estação à frente.

Tabernáculos é o tempo determinado por Deus para habitar com Seu povo e revelar Sua Glória. Jesus provavelmente nasceu no tempo de Tabernáculos. Em João 1.14 temos: "E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade."

É importante entendermos que o Pentecostes não começa em Atos 2, pois os discípulos celebraram o Pentecostes durante toda vida! (Levítico 23.15-15; Números 28.26-31; Deuteronômio 16.9-12).


A partir do domingo após a Páscoa (Domingo da Ressurreição) contar 7 semanas (49 dias), e depois no dia 50 ter um festival perante o Senhor. Esta festa é chamada em hebraico de Shavuot também conhecida como A Festa das Semanas (porque se conta 7 semanas para se chegar até ela). Em grego usa-se a palavra Pentecostes (que significa 50 dias).


Pentecostes era um tempo para interromper o trabalho e agradecer a Deus pela Sua provisão. inicialmente era celebrado a provisão física de Deus, e marcava a colheita do trigo. Pentecostes era uma celebração de primícias para a colheita do trigo. A provisão de Deus da colheita anterior os tinha sustentado durante todo o ano. Era tempo de agradecer! O Pentecostes era celebrado através de louvor & ofertas. Era um tempo para um derramar massivo de ofertas (ofertas queimadas, ofertas de grãos, oferta de bebidas, oferta pelo pecado, oferta de comunhão e oferta voluntária).


Porém este era um tempo especial para oferta de primícias.

Para uma oferta de primícias no Pentecostes eles apresentavam dois pães feitos do primeiro trigo maduro da nova colheita. E esta oferta de primícias assegurava a provisão de Deus para todo o ano.

Para celebrar o Pentecostes as pessoas levavam as suas ofertas para o Senhor no Templo. E depois voltavam para suas casas e festejavam com familiares e amigos celebrando a bondade de Deus.

Porém Deus proveu mais do que pão no Pentecostes!!! Porque também foi no Pentecostes que Deus chamou Moisés no Monte Sinai e deu a ele a Torá. Deus escolheu prover (no Pentecostes) a revelação que eles precisavam !



Posts recentes

Comentarios


bottom of page