top of page

Post

  • Foto do escritorCláudia Zorat C. Faria

Quando o Espírito enche a casa! parte 2

2ª parte da ministração:

É interessante ver como os judeus visualizam a entrega da Torá no Monte Sinai.

Deus mostrou maravilhas a Israel com Sua voz. Deus falou e a Voz reverberou (ecoou) por todo o mundo.


O rabino Johanan disse que a voz de Deus, como foi pronunciada, se dividiu em 70 vozes, em 70 idiomas, para que todas as nações pudessem entender. Quando cada nação ouviu a Voz no idioma de seu próprio país, eles ficaram com medo.


A Voz de Deus no Monte Sinai
A Voz de Deus no Monte Sinai

*Nota de Tradução: Johanan bar Nappaha foi um dos principais rabinos no início do Talmude. Ele pertencia à segunda geração de amoraim. A opinião de Johanan é citada milhares de vezes nos Talmudes de Jerusalém e da Babilônia. A compilação do Talmude de Jerusalém é geralmente atribuída a ele. Nascimento: 180 d.C., Séforis. Falecimento: 279 d.C., Tiberíades, Israel.


Os filhos de Israel não somente ouviram a voz do Senhor, mas realmente viram o som das ondas que emergiam da boca de Deus. eles visualizaram-nas como uma substância ardente, flamejante. Cada mandamento viajava em torno de todo o campo (arraial) e vinha para cada judeu individualmente. Por fim, a substância flamejante que eles viram gravou a si mesmo nas tábuas. (Fonte: The Midrash says by Rabbi Moshe Weissman).

Esta é a forma como os judeus retratam a entrega da Torá no Monte Sinai, e isto aconteceu no Pentecostes. Um barulho estrondoso, o som de muitas línguas e chamas de dardos inflamados. Isto se parece exatamente com Atos 2 !!! Pentecostes celebra a provisão de Revelação de Deus.

No século I, a maneira típica de celebrar o Pentecostes era juntar-se com amigos e passar toda a noite lendo e estudando a Bíblia, e este era o modo de dizer: "Senhor, somos muito gratos pela Sua Palavra!"


Então, se você entende isto, você agora sabe porque os discípulos estavam todos sentados juntos, em uma casa, quando o sol nasceu na manhã de Pentecostes!


A noite antes da manhã de Pentecostes os discípulos teriam levado suas ofertas ao Templo para agradecer a Deus pela Sua bondade. Eles teriam voltado para suas casas e festejado. Eles teriam se alegrado e louvado Deus pela Sua bondade. Depois de louvar a Deus e festejar eles teriam pego seus pergaminhos e teriam ficado acordados a noite toda lendo e estudando a Bíblia. E esta era a maneira de mostrar seu amor pela Palavra de Deus. E este é o motivo pelo qual, quando a manhã de Pentecostes começou, eles estavam todos juntos em um único lugar! Eles estavam em uma casa onde eles tinham passado a noite louvando, festejando, se alegrando e honrando Deus pela Sua bondade.


E, na manhã de Pentecostes, toda Jerusalém ouviu o som de um vento forte e impetuoso enquanto o Espírito Santo vinha e enchia aquela casa!

O fogo de Deus veio em cada um deles e eles foram capacitados (e foi lhes dado poder) através do Espírito Santo e falaram em línguas.

Quando a manifestação do Espírito encheu toda a casa, eu penso que isto significava que os discípulos tiveram uma casa cheia do Espírito!

Portanto, no Pentecostes que é festa de celebração da provisão de Deus, Deus proveu a igreja com uma fonte inesgotável de poder = o Espírito Santo!

Os discípulos correram pelas ruas onde uma multidão de pessoas espantadas tinha se formado, e Pedro pregou um sermão Pentecostal e, ao final do dia, 3.000 pessoas foram salvas! E o mundo foi mudado para sempre! E isto começou em uma CASA! E até o final de Atos 2 a igreja tinha nascido!


Onde eles se encontraram?

- Eles se encontravam de casa em casa!

Atos 2 começa em uma casa e termina em uma casa!

Quando o Espírito Santo desceu no Pentecostes, ele não desceu no Templo ou em um cenáculo! Ele escolheu descer em uma casa! No entanto isto não surpreendeu os discípulos, porque a casa sempre foi o foco chave (o foco central, principal) de sua vida espiritual. E isto é algo que Deus está chamando a igreja para RECUPERAR nos dias de hoje!

A vida espiritual no Cristianismo Americano é uma atividade da igreja. Ela ocorre em um prédio da igreja, e é dirigida por profissionais remunerados. Porém, na mentalidade hebraica, o principal lugar para a vida espiritual era a CASA (o lar). Um rabino escreveu:

O judaísmo sobreviveu à perseguição porque a vida religiosa estava centralizada em casa, nos lares!

Muitas sinagogas foram destruídas durante o percurso dos séculos, porém o judaísmo sempre pode sobreviver nas casas, nos lares.

O LAR era um pequeno santuário! Era um lugar SEPARADO para adorar a Deus e estudar a Sua Palavra. O LAR era o centro de tudo!

O maior aspecto de todas as Festas Bíblicas ocorreu em CASA!

A Páscoa foi concebida e projetada para ser celebrada em casa em torno da mesa de jantar.

Na festa de Tabernáculos a família constrói uma tenda a partir de galhos de árvores e toda a família acampa com Deus!

A mais importante celebração de adoração é o SHABBAT, onde a cada noite de sexta-feira cada família judaica teria um tempo de adoração em suas casas! E isto foi chamado de Shabbat. Eles se reuniam em torno de uma refeição e, conforme eles comiam, os membros da família falavam, riam, oravam e cantavam louvor ao Senhor.

Esta celebração do sábado em família - Shabbat - tinha sido o elemento central na vida espiritual de cada membro da igreja desde a primeira infância.

Jesus e os apóstolos respeitaram o Shabbat exatamente desta maneira durante toda sua vida. Quando pensavam em adorar a Deus, uma grande parte do que lhes vinha à mente ocorria em casa.


A celebração do Shabbat forneceu o formato básico das primeiras igrejas domésticas cristãs (reuniões feitas em casas).

Com a família "natural" ampliada, eles se reuniam em suas casas em torno de uma refeição nas sextas-feiras à noite para adorar a Deus como CRIADOR; então, quando o primeiro dia da semana chegava (o qual começava na noite de sábado), sua família espiritual também se encontrava ali - em casa - em torno de uma refeição, agora para adorar Jesus como SALVADOR.

E foi por causa disto, que os apóstolos não ficaram surpresos quando o Espírito Santo escolheu descer em uma CASA! Pois a igreja começou em uma CASA! E eles continuaram a se encontrar de CASA EM CASA!

O Templo era um lugar importante, pois era uma casa de oração, um lugar para encontros e celebrações.

O cenáculo era uma sinagoga, um lugar de ensino contínuo e de treinamento.

Porém, o foco primordial da vida espiritual sempre foi em CASA!


É muito importante conhecermos como a igreja primitiva se encontrava, porque muitas vezes lemos Atos 2 e devemos ler filtrando-o através da cristandade. Sendo assim, Atos 2 descreve a igreja primitiva desta maneira:

  • No dia de pentecostes, "... agregaram-se quase três mil almas ..."

  • "... E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações."

  • "... E, perseverando unânimes todos os dias no templo..."

  • "... e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, ..."

Portanto, no Novo Testamento a igreja envolveu 2 tipos diferentes de pontos de encontro, e a maioria dos cristãos de hoje somente conhece a respeito de um destes locais.


1 - A igreja primitiva se reunia no Templo.

O Templo de Jerusalém possuía um grande pátio aberto que ficava disponível para qualquer judeu. E a igreja de Jerusalém se encontrava neste pátio todos os dias! Eram grandes reuniões do Corpo de Cristo! Eles começaram no Pentecostes com 3.000 almas, e isto foi crescendo desde então!


E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar. Atos 2.47.


Reunião da Igreja Primitiva no Templo em Jerusalém
Reunião da Igreja Primitiva no Templo em Jerusalém

Eu penso que estas eram celebrações incríveis! E elas só podiam ser assim! Pois os apóstolos viram Jesus ressuscitar da morte e ascender aos céus!!! E agora, eles também tinham sido batizados no Espírito Santo!


As 3.000 almas eram novos crentes, batizados no Espírito Santo, e que agora, estavam assistindo os apóstolos de Jesus fazerem MILAGRES inacreditáveis!

Este não era um culto enfadonho e nem chato!

Eles estavam entusiasmados! Homens que não podiam andar andavam, mulheres cegas enxergavam... eles se reuniam e encontravam isto todos os dias!

Eles estavam tão entusiasmados sobre Jesus, que estas grandes celebrações eram tempos de pregação, ensino, alegres louvores, sinais, maravilhas e milagres; e muitas pessoas estavam sendo salvas!


Estas celebrações eram muito importantes, e vocês sabem que nós, hoje em dia, estamos precisando ter encontros como estes!

Quando vocês se encontram em assembleia como Povo de Deus, essas celebrações se tornam "incubadores de fé" que crescem dentro de cada um de nós!

Mas a igreja primitiva também tinha outro tipo de encontro.


2 - Se encontravam de CASA em CASA.
A igreja chamou estes encontros menores de synaxis ((do grego σύναξις que significa: assembleia, celebração, reunião). Synaxis era uma reunião de família feita para a família espiritual.

1 Coríntios nos dá uma descrição detalhada de como era um destes encontros no século I. Eles normalmente começavam com um tempo de alegre louvor. E, logo depois do louvor, alimentos eram trazidos! As pessoas tomavam seus acentos e se preparavam para ter uma refeição! Eles chamavam isto de Banquete do Amor ou Ágape.

No começo da refeição um dos líderes pegava um copo/xícara pedia ao Senhor que o abençoasse, e o passava para que todos pudessem compartilhar. Então, ele pegava um pão, dava graças ao Senhor, e também o passava para outra pessoa, e assim, o pão poderia ser compartilhado com todos.
Em seu contexto original, esta era a Ceia do Senhor! Tomar a Ceia do Senhor juntos significava que eles estavam em família. Isto era uma refeição de ALIANÇA! E significava que eles estavam comprometidos uns com os outros.

Depois da refeição, eles passavam para um tempo de ministração.

Eles davam boas vindas ao Espírito Santo e começavam a adorar. Então, a presença de Deus vinha no lugar. E, conforme eles continuavam a adorar, o Espírito movia-se entre as pessoas concedendo a elas dons e unção. Isto é descrito em 1 Co 12.7-11.

Quando todos se reúnem, a cada um é dado uma manifestação do Espírito. Para um é dado palavra de sabedoria, a outro palavra de conhecimento, e a outro a , e a outro dons de curar, e a outro milagres, e a outro profecia, e a outro discernimento de espíritos, e a outro variedade de línguas, e a outro interpretação.

Estas celebrações eram muito importantes, e vocês sabem que nós, hoje em dia, estamos precisando ter encontros como estes!

Quando vocês se encontram em assembleia como Povo de Deus, essas celebrações se tornam "incubadores de fé" que crescem dentro de cada um de nós!

Mas a igreja primitiva também tinha outro tipo de encontro.

Manifestação = palavra que vem do Latim MANIFESTUS, “compreensível, claro, aparente, evidente”, formada por MANUS, “mão”, mais FESTUS, “agarrado, apanhado”.

Enquanto cada crente tem o seu dom espiritual, neste contexto, o Espírito Santo pode manifestar qualquer dom através de qualquer crente! Você nunca saberá quem o Espírito Santo irá escolher! É como se fosse a mão de Deus "agarrando, apanhando" uma pessoa por vez durante a reunião. Você nunca saberá onde a mão de Deus irá pousar! Você nunca sabe quando Deus poderá escolher usar você para curar uma doença ou dar uma profecia. Este era o verdadeiro propósito da reunião! Este era um tempo para exercitar os dons espirituais e aprender como usá-los eficazmente. Isto está descrito em 1 Co 14.26:

Que fareis pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação.

Na igreja atual muitos cristãos não sabem seus dons porque nunca tiveram uma oportunidade para tentar! Porém nas reuniões do século I, todos eram encorajados a exercitarem seus dons espirituais semanalmente.

Portanto, enquanto que as grandes celebrações no Templo eram "incubadores de fé", os encontros de casa em casa (synaxis) eram "incubadores de dons espirituais".

E, neste contexto de "família" , onde cada um era encorajado a exercitar seu dom, e receber feedback (opinião, comentário) das pessoas que eles amavam e confiavam; o povo crescia em dons muito rapidamente!


A celebração no Templo e a reunião de casa em casa formavam um "odre" dentro do qual os 5 ministérios, juntos, poderiam equipar cada crente a ministrar no poder do Espírito. E assim, a igreja se transformou em uma igreja sobrenatural. E em pouco tempo, cristãos comuns iam por todos os lugares curando, dando palavras proféticas, expulsando demônios e operando milagres. E o mundo foi mudado!

Mas eles tiveram que aprender todas aquelas coisas em uma CASA, em uma synaxis (reunião) feita em uma sala na casa de alguém!

Chuck Pierce disse: "Na Bíblia, o lar sempre foi a unidade básica de guerra".

Saiba que Deus quer que a sua CASA, o seu LAR se transforme em uma unidade de guerra para o Reino de Deus!

Deus quer que o Espírito Santo desça na sua CASA!

Deus quer que o Espírito Santo encha a sua CASA!

Deus quer que o Espírito Santo habite em sua CASA!

E você não precisa esperar até chegar na igreja para se encontrar com Deus!

Você não precisa esperar até chegar no prédio da igreja para se encher com o Espírito Santo!

Deus quer te encontrar em sua CASA!

Ele quer que a sua CASA seja um lugar de louvor, adoração e comunhão.

Quando a sua CASA estiver cheia com o Espírito Santo, você será surpreendido com o que Deus irá fazer!

E isto é o que acontecia na igreja primitiva. Depois que o Espírito Santo encheu UMA CASA, as reuniões em casa começaram a surgir por toda a cidade!

A multiplicação aconteceu! E o território foi mudado!
Quando a sua CASA está cheia com o Espírito, isto não somente muda você, mas pode mudar o mundo! Pois acontece algo surpreendente quando o Espírito Santo enche a sua CASA! Isso aconteceu comigo! Veja meu testemunho!

Meu Testemunho: Eu, Robert Heidler, cresci em uma igreja onde me ensinaram coisas contra o Espírito Santo. E o resultado disso foi que eu comecei a ensinar aos outros que as coisas do Espírito Santo não eram para os dias de hoje! Mas dentro de mim, eu era um miserável, porque eu clamava por Deus. E eu dizia: Senhor, deve haver algo a mais! E Deus tentou chamar várias vezes a minha atenção. Até que por fim, Deus colocou minha esposa e eu em um ano infernal.


Todas as coisas em nossa vida se desmoronaram e desintegraram. Toda a nossa família teve questões de saúde continuamente; as crianças ficaram doentes, consultas médicas eram toda semana, tínhamos listas de medicamentos. Gastamos muito com as consultas e as finanças se tornaram uma bagunça. A igreja não ia bem porque eu fiquei doente o ano todo, e as nossas orações não eram respondidas. No fim de um ano nós estávamos oprimidos, deprimidos, desencorajados, bravos com Deus e prontos para desistirmos de tudo! Me tornei desprezível, infeliz e miserável.


Então, uma noite, um amigo, que era cheio do Espírito Santo, veio para a cidade e ia passar a noite em nossa casa. Ele sentou e conversou conosco, e nós contamos o quanto estávamos esgotados, bravos com Deus e prontos para desistir!

Ele nos ouviu e nos olhou com grande compaixão e nos disse: Eu não sei porque Deus deixou vocês passarem por tudo isso, mas "Não desistam de Deus". Ele perguntou se poderia orar por nós (e eu já tinha dito em meu íntimo que eu não oraria nunca mais). Então ele orou por nós, e ao final da oração ele teve uma visão. E ele disse: 'Eu estou tendo uma visão de você olhando todas as coisas através de uma janela que tem um vidro manchado, e por isso você não pode ver claramente, mas Deus vai fazer alguma coisa!'

Após isso fomos todos dormir, pois ele tinha que acordar cedo na manhã seguinte. Porém, naquela noite o Espírito Santo invadiu a nossa CASA!


Quando nós acordamos na manhã seguinte todas as coisas tinham mudado. Estávamos apaixonados por Jesus! Cada louvor e orações que tínhamos ouvido e feito por toda a nossa vida começaram a "tocar" continuamente em nossos corações. Estávamos cheios de alegria e a presença de Deus encheu a nossa casa. E nossa casa se transformou em um santuário para o Espírito Santo, e dias depois minha esposa e eu estávamos falando em línguas!

Depois disso nós começamos um grupo em nossa casa e lá, em nossa sala de estar, as pessoas foram curadas, cheias e salvas! O Espírito Santo tinha enchido a nossa casa!

 

Neste período de Pentecostes,

Deus não quer somente te encher com Seu Espírito, mas Ele quer encher a sua CASA, pois Ele quer que você tenha uma casa cheia do Espírito Santo.


Peça a Deus

para que faça da sua casa um santuário da Sua Presença.


Depois de ler esta mensagem,
caminhe por toda a sua casa e ore sobre ela,
então você pode ungir sua casa com óleo,
e pedir ao Espírito Santo para fazê-la santuário dEle!

Saiba que há um chamado de Deus para SUA CASA!
Deus quer que a sua CASA seja um lugar de encontro.
Convide seus amigos para comerem com com você! Louvem juntos, façam um estudo bíblico. Compartilhem testemunhos, orem uns pelos outros e exercitem seus dons espirituais.
E convide um amigo para celebrar junto com você o SHABBAT.

E, quando chegar a Festa dos Tabernáculos,
construa uma sucá (tenda) no jardim!


Sucá no Jardim
Sucá no Jardim

Se você quer saber como construir uma sucá, nós do Site Renovamente selecionamos dois artigos do Site Judaico Chabad.org para te ajudar a se preparar para a próxima Festa do Calendário de Deus.

Ao clicar nos títulos abaixo, você será direcionado para ler os artigos do site judaico.

 

Posts recentes

Bình luận


bottom of page