top of page

Post

  • Foto do escritorCláudia Zorat C. Faria

O significado da Páscoa

Hoje, véspera de celebrarmos uma das mais importantes Festas Cristãs do nosso calendário gregoriano; trago não somente algumas informações sobre a etimologia (origem) da palavra Páscoa, mas também uma reflexão para esta data tão especial.


A palavra Pessach (ou Pesaḥ) significa passagem e teve origem no idioma hebraico. Ela foi usada para designar a festa judaica que se comemora a recordação da saída - o Êxodo - do povo hebreu, da escravatura no Egito para a liberdade, rumo à Terra prometida.


O idioma aramaico é uma língua irmã do idioma hebraico. A língua aramaica pegou emprestado do hebraico a palavra Pessach e dela surgiu a palavra PasHâ’.


O idioma grego pegou emprestado do aramaico a palavra PasHâ’ e dela surgiu a palavra Πάσχα (Páskha).


O latim eclesiástico, que é o latim adotado como língua oficial da Igreja Católica Romana após o advento do cristianismo em Roma, emprestou do idioma grego a palavra Páskha e surgiu a palavra Pascha.


O latim vulgar era um idioma somente falado e não escrito, pois era a língua do cotidiano usada pelo povo analfabeto da região central da atual Itália e das províncias. Era a língua coloquial, viva, sujeita a alterações frequentes e, por ser falada por soldados, marinheiros, artífices, agricultores, barbeiros, escravos etc, apresentava diversas variações. Sendo assim, o latim vulgar pegou emprestada do latim eclesiástico a palavra Pascha e juntou com a palavra pasto - que significa alimento - porque a Páscoa põe fim ao jejum da quaresma. Essas duas palavras Pascha + pasto deu origem à palavra Pascua.


Os falantes do latim eram chamados latinos e isso se deve ao fato de eles morarem na antiga região italiana de Lácio (Latium em latim).

O idioma português é resultado da transformação do latim vulgar (uma das variantes da língua romana) e do galego (falado na província da Galícia - hoje em território espanhol). É por este motivo que, das palavras que o Brasil e Portugal falam, 80% são de procedência latina (vieram do latim).


Foi desta forma que o idioma português pegou emprestado do latim vulgar a palavra Pascua, e dela surgiu a palavra Páscoa.


O SIGNIFICADO EM INGLÊS


Em inglês há duas palavras para se falar Páscoa.

1 - Passover: é a palavra usada para se referir em inglês à Páscoa dos judeus (a Festa do Pessach explicada acima). Passover é a junção de pass (passar) + over (por cima) e significa Passar por cima, lembrando que o anjo da morte passou por cima das casas, matando os primogênitos dos egípcios, e fazendo com que o Faraó entendesse que o Deus dos judeus era maior do que tudo. Sendo assim, ele deixou os judeus partirem ficando para sempre livres da escravidão do Egito.


2 - Easter: É a palavra usada em inglês para a Páscoa cristã. Porém, este nome tem sua origem no nome anglo-saxão da deusa Eostre (ou Ostara), que era festejada em celebrações pagãs no equinócio de primavera. Eostre era a deusa da alvorada, da Primavera, da Ressurreição e do Renascimento e, como o próprio nome diz, deusa do leste. Leste em inglês se diz East.


O nome dessa deusa foi adotado para designar a Páscoa cristã, comemorando a ressurreição de Cristo, porque era mais ou menos na mesma época do ano.

Entretanto esta tradição não é nada cristã. A igreja incorporou esse ritual de fertilidade oferecido à deusa Eostre/Ostara, e os símbolos de uma antiga festa pagã à ressureição de Cristo. Eostre é chamada de madrugada radiante, ela é a deusa da fertilidade e da aurora. Seus festivais comemoravam o fim do inverno e o início da primavera com a volta da vida, fertilidade e alegria. Eram ofertados à ela ovos pintados (coloridos) com intuito de terem fertilidade humana, animal e renovação. Trocavam também, os ovos pintados como presentes para parentes e amigos. Nome, objetos festivos e as características simbólicas desta festa pagã, foram incorporados à Páscoa cristã.

A igreja católica não explica qual a real ligação entre a deusa, o coelho, os ovos e Jesus.


 

No vídeo abaixo a Apóstola Daniela Araujo nos ajuda a refletir sobre o verdadeiro significado da Páscoa.



Daniela Araujo é casada com Luciano Araujo. Eles são apóstolos da IBN Batista das Nações Leme. Eles têm 2 filhos e todos moram juntos na cidade de Leme, SP - Brasil.


Comments


bottom of page